Home Mundo México anuncia redução de 74,5% do fluxo migratório irregular para os EUA

México anuncia redução de 74,5% do fluxo migratório irregular para os EUA

0
94
No ano passado, Trump ameaçou o México com tarifas que incidiriam em exportações do país se o número de imigrantes não diminuísse. Hondurenhos em uma caravana de imigrantes com destino aos EUA passam pelo México, em 23 de janeiro de 2020
Alfredo Estrella / AFP
O chanceler do México, Marcelo Ebrard, anunciou na quarta-feira (12) que o fluxo migratório de pessoas sem documentação regular que cruzam a fronteira para os Estados Unidos diminuiu 74,5% em oito meses desde que o México apresentou seu plano de migração e desenvolvimento.
O chanceler afirmou que o fluxo irregular de migrantes está sendo reduzido e que as pessoas que estão no território nacional “estão seguras”.
Entre janeiro e maio de 2019, a migração sem documentação regular na fronteira sul dos EUA havia disparado quase 150%, o que gerou uma reação furiosa do presidente Donald Trump –na época, ele ameaçou impor tarifas altas ao México se esses fluxos não fossem interrompidos.
Em junho de 2019, então, o México se comprometeu com os EUA a tomar “medidas sem precedentes” para conter a migração. Esse acordo foi a tábua de salvação para impedir a tarifação de suas exportações – 80% das quais vão para os Estados Unidos.
Desde então, o governo López Obrador enviou para as fronteiras norte e sul cerca de 26 mil militares, além de agentes de imigração. “Nosso objetivo é que as pessoas que estão em território nacional concordem com as formas da lei mexicana”, disse Ebrard.
Carregar mais artigos relacionados

Veja também

Nos EUA, mais de 97 mil crianças tiveram Covid-19 no fim de julho, diz estudo

Escolas ainda estavam fechadas no país. No início de agosto, ensino presenci…