Home Mundo Navalny publica foto em hospital na Alemanha e diz que consegue respirar sozinho

Navalny publica foto em hospital na Alemanha e diz que consegue respirar sozinho

0
11
Opositor está internado em um hospital em Berlim para se tratar de uma suspeita de envenenamento. Alexei Navalny posa para foto com sua família em hospital em Berlim nesta terça-feira (15)
Instagram @NAVALNY/Rede Social via REUTERS
O opositor russo Alexei Navalny compartilhou em uma rede social nesta terça-feira (15) uma fotografia tirada no hospital onde está internado em Berlim, na Alemanha, para se tratar de uma suspeita de envenenamento.
O advogado de 44 anos, que ficou em estado grave, disse que agora consegue respirar sozinho.
“Olá, aqui é Navalny. Sinto falta de todos vocês”, escreveu ele em letras maiúsculas para seus seguidores no Instagram. “Eu ainda mal posso fazer qualquer coisa, mas ontem eu consegui respirar por todo o dia por minha própria conta. Realmente por minha própria conta.”
Na foto, o principal opositor ao presidente da Rússia, Vladimir Putin, aparece sentado na cama e cercado por sua família, de acordo com a agência Reuters.
Em 20 de agosto, Navalny passou mal a bordo de um avião e foi internado em um hospital da Sibéria. Os médicos russos disseram não ter detectado traços de veneno. Porém, após ser transferido para o hospital em Berlim, especialistas alemães concluíram que ele foi envenenado com Novichok, agente neurotóxico desenvolvido pela União Soviética para uso militar.
Navalny ficou em estado grave e chegou a precisar de ajuda de um respirador. Aos poucos, seu estado quadro evoluiu e ele deixou o coma induzido no dia 7 de setembro.
Líder da oposição russa Alexei Navalny sai do coma induzido
Rússia quer acesso a informações
Moscou afirma que não há provas que apontem um crime e nega qualquer envolvimento no incidente. O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, voltou a afirmar nesta terça que o governo russo está aberto a esclarecer o que aconteceu com o opositor, mas que precisa ter acesso a informações sobre seu caso.
A Rússia pediu a Berlim que entregue as análises do laboratório alemão que identificaram o agente neurotóxico novichok. Peskov disse que não consegue entender as razões pelas quais laboratórios na França e na Suécia testaram as amostras médicas de Navalny se a Rússia ainda não teve o mesmo acesso.
O porta-voz do Kremlin disse que todos ficarão felizes caso Navalny se recupere e que ele é livre para retornar à Rússia.
Veja vídeos das principais notícias internacionais:
Carregar mais artigos relacionados

Veja também

UE faz apelo por medidas reforçadas para evitar novo aumento de casos de coronavírus

Em várias regiões, a transmissão está pior que no pico da pand…