Home Mundo Se ligue nos links (27 de junho)

Se ligue nos links (27 de junho)

0
54
Memorial às vítimas do coronavírus no Brooklyn, em Nova York
REUTERS/Brendan McDermid
1) Uma reportagem visual no New York Times narra como o novo coronavírus se espalhou pelos Estados Unidos. Amber Philips no Washington Post e Paul Krugman no Times analisam como a visão dos governadores e políticos republicanos tem prejudicado o combate à pandemia no país. O Stat discute se é possível implementar um sistema de rastreamento e isolamento no país para evitar novos lockdowns. No Guardian, Mark Honigsbaum resenha um novo livro que denuncia a complacência do governo britânico diante do vírus. Na Science, Lindzi Wessel devenda a importância política bizarra que a cloroquina adquiriu no Brasil. Também no Post, Michael Berry conta por que decidiu traduzir o diário da chinesa Fang Fang sobre o lockdown draconiano de Wuhan. O Live Mint conta como foi possível controlar o vírus na favela indiana e Dharavi, em Mumbai. Ainda no Guardian, Laura Spinney decifra a estratégia bem-sucedida do estado indiano de Kerala. Reportagem na Associated Press investiga as razões do êxito do combate à Covid-19 na cidade colombiana de Medellín.
Mesmo com decreto municipal e determinação do governo mineiro, o uso de máscaras em Poços de Caldas é irregular
Reprodução/EPTV
2) No FiveThirtyEight, Kaleigh Rogers explica o que a ciência tem a dizer sobre máscaras de proteção. A NPR investiga por que não conseguimos definir com precisão o que são pacientes assintomáticos. O Times relata como uma pesquisa contra a pólio dos tempos da União Soviética tem trazido esperança contra o novo coronavírus. Artigo na revista da Associação Médica Americana (Jama) tenta desvendar por que o vírus parece mais benevolente com crianças. A Jama explica ainda como funciona o tratamento com plasma. Estudo preliminar no repositório BioRxiv analisa as variedades genéticas do vírus no Brasil. Editorial na Jama discute como manter os padrões numa revista científica diante da necessidade de publicação veloz gerada pela pandemia.
Donald Trump e Joe Biden disputam eleições nos EUA
Saul Loeb, Ronda Churchill/AFP
3) No FiveThirtyEight, Clare Malone constata a opção do Partido Republicano pelo eleitorado branco. No American Progress, Ruy Teixeira e John Halpin analisam como a composição demográfica dos diferentes estados deverá influenciar a eleição americana de novembro.
Estudo mostra que plataformas digitais promovem conteúdo com desinformação sobre mudanças climáticas
Metamorworks/BBC
4) No Popular Info, Judd Legum denuncia que o Facebook abriu uma exceção a seus princípios para publicar conteúdos negacionistas sobre as mudanças climáticas. No Guardian, Timothy Garton Ash relata como o governo da Polônia tem usado a rede estatal de TV para disseminar teorias conspiratórias da extrema-direita.
Festival na França que reúne centenas de gêmeos, trigêmeos e quadrigêmeos em 2019
Reprodução/BBC
5) No Print, Cass Sunstein desvenda nossa credulidade diante de afirmações falsas sobre o coronavírus e qualquer outra coisa, com base num novo estudo na Judgment and Decision Making a respeito dos vieses cognitivos no julgamento de juízes e jurados. Pesquisa com gêmeos na Mass Communication and Society sugere que até fatores genéticos podem influir na preferência por notícias e inclinação ideológica. A Conversation traz um exemplo de como interesses políticos tomam conta da edição de revistas científicas.
Busto de Pitágoras de Samos no Museu Capitolino, em Roma
Reprodução/Wikicommons
6) O Fermat’s Library reedita o capítulo de um livro de história da matemática relatando aquele que é considerado o primeiro experimento científico da história: a afinação de instrumentos na escola de Pitágoras em Samos, uma espécie de teoria das cordas da Antiguidade.
7) Na Jama, David Eisenman destaca a importância de ler o romance Arrowsmith, de Sinclair Lewis, durante o combate à pandemia.
Cena do filme belga “A aula de natação”
Sesc Bauru/ Divulgação
8) Em texto reeditado pela New York Review of Books (NYRB), Elizabeth Hardwick conta como decidiu se tornar romancista. Também na NYRB, Iris Murdoch ralatou em 1993 sua experiência com a natação.
Carregar mais artigos relacionados

Veja também

UE faz apelo por medidas reforçadas para evitar novo aumento de casos de coronavírus

Em várias regiões, a transmissão está pior que no pico da pand…